43ª Expoagro Amazonas tem espaço para a Bioeconomia confirmado

Compartilhe

Visitante poderá adquirir produtos como castanhas, cacau, açaí e guaraná

Começa nesta quinta-feira (9) a 43ª Exposição Agropecuária do Amazonas (Expoagro), no Kartódromo da Vila Olímpica de Manaus, no Amazonas. Uma das novidades da feira é o Espaço da Bioeconomia, onde o visitante encontrará produtos da sociobiodiversidade e poderá participar de uma agenda diversificada com seminários, rodas de conversa e outras atividades.

<\/div>

Com o objetivo de promover uma verdadeira troca de saberes, a programação do espaço conta com a realização do II Seminário de Bioeconomia, além de gincanas e atividades educativas, exibição de vídeos, apresentações artísticas e atividades da Rádio Floresta – uma iniciativa voltada à inserção de jovens na área da comunicação.

O estande possui uma área total de 100m² composta por diferentes ambientes. Um deles é a Cozinha da Bioeconomia, que receberá o ecochef Luizi Viana e convidados para a apresentação de dicas e receitas da gastronomia regional, focadas no aproveitamento integral de alimentos e no uso de produtos da sociobiodiversidade.

No ambiente, o visitante também poderá conferir a Vitrine da Bioeconomia, com a exposição de produtos da sociobiodiversidade, e a Vitrine das Startups, com a exposição de produtos e serviços baseados no desenvolvimento de soluções inovadoras.

O Espaço Bioeconomia conta com o patrocínio do projeto Bioeconomia e Cadeias de Valor, desenvolvido no âmbito da parceria entre o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH. A iniciativa é uma realização do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação.

Agricultura Familiar

Outra espaço de destaque da 43ª Expoagro Amazonas é a Feira da Bioeconomia. No local, o visitante poderá adquirir produtos oriundos da agricultura familiar beneficiados a partir da castanha-da-amazônia, do cacau, do pirarucu, do guaraná, do açaí, da andiroba, da copaíba, do cupuaçu, do tucumã, além de frutas regionais, verduras orgânicas e outros.

O estande conta com 15 expositores dos municípios de Manaus, Beruri, Novo Airão, Nova Olinda do Norte, Lábrea, São Gabriel da Cachoeira, Barcelos, Tapauá, Itacoatiara, Silves, Tefé, Parintins e Maués, todos do estado do Amazonas.

Dentre os expositores está a produtora de guaraná orgânico do município de Maués (AM), Ednamar Viana, que integra a Associação dos Agricultores Familiares do Alto Urupadi (AAFAU). “É de suma importância para mim como produtora e para a associação ter essa oportunidade de poder estar nesse evento para expor nossos produtos, o guaraná em bastão e o guaraná em pó. É uma porta que se abre para novos mercados através da bioeconomia e, assim, vamos poder trazer melhores condições de vida para nossa população que vive ali na floresta”, afirma.

A produtora de cacau selvagem Dinorá Figueiredo, do município de Nova Olinda do Norte (AM), também participa da Feira da Bioeconomia e destaca que, além de comercializar produtos, o evento é uma oportunidade de trocar experiências com outros participantes. “Vamos aprender e ensinar um pouco do que a gente sabe”, ressalta a agricultora.

Fonte: Gov.BR.