Algodão: Preços se mantem operando em recordes nominais

Compartilhe

Os valores domésticos do algodão em pluma seguem operando em patamares recordes nominais. Pesquisadores do Cepea indicam que vendedores brasileiros estão firmes nos valores de novas negociação e focados no cumprimento dos contratos a termo, especialmente os direcionados ao mercado internacional.

Do lado comprador, indústrias estão mais cautelosas em elevar suas ofertas e/ou praticar os preços atuais, apontando dificuldades em repassar novos custos aos seus produtos.

Por: Freepik

Ainda assim, compradores com necessidade imediata cedem nos valores pagos – ainda que para pequenos volumes.

Entre 12 e 19 de janeiro, o Indicador do algodão em pluma CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, subiu 2,7%, fechando a R$ 4,4314/lp na terça-feira, 19, sendo este o novo recorde nominal, considerando-se toda a série história desse produto, iniciada em julho de 1996.

Original de Cepea