Algodão: Vendedor firme gera reação nos preços

Compartilhe

Os preços internos do algodão em pluma estão mais firmes nestes últimos dias, após terem recuado com certa força por um mês.

No dia 4 de março, o Indicador CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, saiu do recorde nominal, de R$ 5,22/libra-peso, e caiu para R$ 4,76/lp no dia 5 de abril, quando, a partir de então, passou a registrar pequena recuperação.

Por: Freepik

No balanço deste mês (até o dia 13), o Indicador CEPEA/ESALQ subiu 0,29%, fechando a R$ 4,8229/lp nessa terça-feira, 13.

Segundo pesquisadores do Cepea, a sustentação vem da posição mais firme de vendedores, que estão atentos às altas nos preços externos da pluma e nas estimativas indicando menor produção no Brasil e possível novo recorde nas exportações da commodity.

Do lado da demanda, estão ativas no mercado apenas indústrias com necessidade de curto prazo e/ou com interesse de repor estoque.

Fonte: www.cepea.esalq.usp.br