Alta nas exportações motiva aumento dos preços da Carne Bovina

Compartilhe

As exportações de carne bovina tem estimulado a pecuária e os preços da arroba, que seguem aumentando diariamente. Para 2021, especialistas ressaltam que há boas expectativas para o setor. O ranking dos produtos que serão responsáveis pelo faturamento bruto em 2021 aponta que na pecuária, bovinos, frangos e leite terão participação de 85,9% nos resultados do Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP).

Por sua vez, neste mês as exportações de soja brasileira devem alcançar 1,052 milhão de toneladas, segundo informações da Associação Nacional dos Exportadores de Cereais. No entanto, o resultado ainda está baixo e totaliza uma queda de aproximadamente 37% na comparação ao mesmo período do ano passado. 

Na referida época, foram comercializados 1,669 milhão de toneladas de soja. Essa queda está relacionada principalmente com o atraso no plantio da safra 2020/21, que foi motivado pela falta de chuvas. 

O que é VBP?

Para que você entenda melhor esse comparativo, é importante saber que o Valor Bruto da Produção Agropecuária destaca o desempenho das lavouras e da pecuária durante o ano e, assim, demonstra seu faturamento bruto. Desta forma, o VBP é calculado com base na produção da safra agrícola e da pecuária, além desses produtos praticados no país. 

O balanço é feito mensalmente e divulgado no dia 15 de cada mês. De acordo com José Garcia Gasques – coordenador da pesquisa do VBP, os resultados dependem de variantes relacionadas principalmente aos preços dos produtos no mercado interno, as exportações favoráveis para grãos e carnes, além da produção da safra no ano anterior.

Estimativas de crescimento

Para 2021, as estimativas para o Valor Bruto da Produção Agropecuária, indicam crescimento de 10% (R$ 959 bilhões) neste ano. Dentre os itens responsáveis por esse resultado estão: 

  • Arroz (17,3%), 
  • Batata inglesa (22,1%), 
  • Cacau (14,7%), 
  • Mandioca (10,9%), 
  • Milho (17,7%),
  • Soja (24,4%). 

Produção em 2020

A produção agropecuária do ano passado alcançou R$ 871,3 bilhões. O resultado é o maior dos últimos 32 anos, conforme dados do Ministério da Agricultura. No referido período, o crescimento real foi de 17% no período apurado. 

As lavouras tiveram faturamento de R$ 580,5 bilhões (alta de 22,2%) e na pecuária foi de R$ 290,8 bilhões, ou seja, teve um incremento de 7,9% em 2020. Dentre os produtos que mais contribuíram para esse resultado estão: 

  • Milho: crescimento de 26,2%;
  • Soja: crescimento de 42,8%; 
  • Carne bovina: crescimento de 15,6%; 
  • Carne suína: crescimento de 23,7%. 

Por Samara Arruda