Arroz: Indicador tem pequena queda; semeadura tem início no RS

Compartilhe

Os preços internos do arroz em casca vêm oscilando, ora pressionados pela flexibilidade de alguns orizicultores e pela menor procura, ora sustentados pela firmeza de outros vendedores quanto aos preços pedidos. Mas, de modo geral, as quedas prevalecem.

<\/div>

Do lado da demanda, segundo colaboradores do Cepea, compradores ainda estão resistentes em pagar os valores pedidos, alegando dificuldades no repasse dos custos.

Para os setores atacadistas e varejistas, tem pesado a pressão do consumidor final. Com isso, parte das beneficiadoras tenta adquirir a matéria-prima a preços menores.

Assim, entre 21 e 28 de setembro, o Indicador ESALQ/SENAR-RS do arroz 58% grãos inteiros (média ponderada e pagamento à vista) recuou 0,7%, para R$ 74,31/sc de 50 kg nessa terça-feira, 28.

No campo, o cultivo da nova safra (2021/22) começou de forma pontual no Rio Grande do Sul, enquanto em Santa Catarina, a semeadura está mais adiantada, passando de 50% da área.

Ainda há incertezas quanto ao tamanho da safra nacional, com previsões diferentes dentre os órgãos oficiais.

Fonte: Cepea