Avicultura: Na produção animal apenas o frango deve fechar 2020 com VBP negativo

Compartilhe

Em seu primeiro prognóstico sobre o Valor Bruto da Produção Pecuária (VBPP) para 2021, a Secretaria de Política Agrícola do MAPA sinaliza valor recorde da ordem de R$317,6 bilhões, resultado mais de 10% superior ao que está sendo previsto para o corrente exercício.

<\/div>

Já o crescimento anual previsto para 2020 – +7,25% – marca o segundo ano consecutivo de resultados positivos, após um triênio (2015/2018) de sucessivos resultados negativos que fizeram o VBPP recuar perto de 8%.

Porém, da expansão aguardada para 2020, um dos cinco principais integrantes do grupo estará ausente: o frango, cujo VBP no corrente exercício tende a recuo ligeiramente superior a 4%.

O maior incremento no ano deve recair sobre a carne suína (23,28%), vindo a seguir a carne bovina (14,53%), os ovos (10,15%) e, por fim, o leite (apenas 0,91%).

Notar, de toda forma, que a despeito do desempenho positivo, os produtos da pecuária perdem participação em relação ao VBP total, abrangendo agricultura e pecuária.

Comparativamente a 2019, o VBPP de 2020 tende a um recuo próximo de 7%, que pode se estender a 2021. No primeiro prognóstico o sugerido é uma redução , no ano que vem, de 4,34%.

Original de AviSite