Bandidos invadem fazenda e fazem família Refém por 10 horas

Compartilhe

Um adolescente, de 17 anos, foi agredido com coronhada durante o assalto

Criminosos armados invadiram uma fazenda na divisa dos bairros Bubu e Novo Brasil, em Cariacica, na noite de terça-feira (4). No local, eles renderam uma família e os mantiveram como reféns durante 10 horas. Além de roubar pertences e dinheiro, os bandidos ainda abateram quatro animais (três vacas e um boi). 

De acordo com o boletim de ocorrência registrado pelas vítimas, por volta das 18 horas, os cachorros da propriedade começaram a latir. O caseiro saiu de casa para verificar o que estava acontecendo e, nesse momento, foi rendido por dois criminosos. 

Cada um dos assaltantes estava com uma garrucha de dois canos e ordenaram que o caseiro abaixasse a cabeça e entrasse na residência. A vítima foi obrigada a deitar em um colchão, enquanto que um dos bandidos pulou a varanda da casa e rendeu a esposa do caseiro. 

Ela foi levada para a sala e obrigada a se sentar no sofá junto com os cinco filhos – três crianças de 2, 4 e 11 anos, e dois adolescentes, de 17 e 15 anos. 

Após renderem a família, mais dois comparsas entraram na casa armados. Eles amarraram o adolescente, de 17 anos, e o agrediram com uma coronhada nas costas por suspeitarem que ele tenha ligado para alguém. 

De acordo com o boletim, os bandidos pediram às vítimas que ficassem calmas, pois só queriam pegar “algumas coisas” que estavam do lado de fora da casa e levar algumas carnes

O grupo ligou o aparelho de som e o colocou em um volume alto para impedir que as vítimas pudessem ouvir qualquer barulho vindo do lado de fora da residência. A família narra que os criminosos começaram a se revezar entrando e saindo da casa, mas ao voltarem os suspeitos estavam com manchas de sangue nas roupas. 

Após horas mantendo as vítimas como reféns, o grupo ordenou que eles se sentassem no chão e esperassem meia hora para se levantar. Por volta das 4 horas, desta quarta (5), quando a família não ouviu mais barulho na propriedade, decidiu sair da casa e se deparou com os animais mortos dentro do curral. 

Fonte: Freepik

Segundo os donos da propriedade, o prejuízo causado pela gangue é de cerca de R$ 38 mil. 

A Polícia Militar foi acionada e fez buscas na região, porém nenhum suspeito do crime foi localizado. 

O caso foi registrado como roubo no 14º Distrito de Polícia de Cariacica, que conduzirá as investigações. Até o momento nenhum suspeito foi detido.

“A Polícia Civil destaca que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas”, disse a corporação em nota.

Celular usado por adolescente para estudar foi roubado

O prejuízo com o roubo dos eletrodomésticos, pertences e com o abate das cabeças de gado gira em torno de R$ 38 mil, segundo os proprietários da fazenda. 

No entanto, para uma adolescente, de 15 anos, o prejuízo causado pelos assaltantes é incalculável. O aparelho celular que ela utilizava para estudar, de forma online, foi roubado pelos criminosos. 

Com a pandemia, as aulas presenciais nas escolas estão suspensas nas cidades de risco alto, como é o caso de Cariacica, por isso as atividades são feitas de forma remota.

Além dos estudos, a menina trabalha catando frutas e foi assim que conseguiu juntar dinheiro para comprar o celular.

“Eu gosto de estudar. Agora, eu vou ter que andar um quilômetro para ir buscar o material, na escola que fica mais próximo da minha casa. Eu usava o celular para estudar, porque meu objetivo e entrar para o Exército. Agora, eu tenho que trabalhar de novo para recuperar”, lamentou ela.

Original de Tribuna Online
https://tribunaonline.com.br/bandidos-invadem-fazenda-rendem-familia-por-10-horas-e-matam-gado