Boi gordo: Cotações estáveis em SP e subindo em outras praças

Compartilhe

Em São Paulo, com as programações de abates relativamente tranquilas, considerando o cenário vigente, alguns frigoríficos ficaram fora das compras na manhã da última segunda-feira (21/6). 

Com isso, o volume de negócios foi menor e os preços ficaram estáveis em relação à sexta-feira (18/6). 

Segundo levantamento da Scot Consultoria, o boi, vaca e a novilha gordos foram negociados, respectivamente, em R$317,00/@, R$294,00/@, e R$310,00/@, preços brutos e a prazo. Para bovinos que atendem o mercado internacional, os negócios podem chegar até R$325,00/@, preço bruto e à vista.

Foto: Juliana Sussai Fonte: Embrapa

Já na região Norte de Mato Grosso, a baixa oferta de boiadas resultou em alta de R$2,00/@ para o boi gordo e R$1,00/@ para a vaca e novilha gordas.

Na região de Marabá, no Pará, os frigoríficos ofertaram R$1,00/@ a mais para a vaca gorda na comparação com o último fechamento (18/6). Para o boi e novilha gordas os preços ficaram estáveis.

Análise originalmente publicada no informativo Tem Boi na Linha de 21/6/2021.

Original de Scot Consultoria