Com a Soja na reta final do plantio, produtores esperam chuvas mais regulares

Compartilhe

De acordo com a AgRural, a semeadura chegou a 90% da área estimada para o Brasil, contra 87% uma semana antes e 93% um ano atrás

O plantio da safra 2020/2021 de soja chegou na última quinta-feira, 3, a 90% da área estimada para o Brasil, contra 87% uma semana antes e 93% um ano atrás.

<\/div>

De acordo com levantamento da consultoria AgRural, os trabalhos se concentram agora nos dois extremos do país, com ritmo acima da média no Matopibaainda que com menos fôlego nas duas últimas semanas, devido à redução da umidade, e atraso no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.

A virada de novembro para dezembro foi marcada pelo retorno muito bem-vindo das chuvas a boa parte do Sul do Brasil.

Designed by Stock Adobe

Nas outras regiões do país, por outro lado, o tempo seco e quente voltou a predominar, e apenas pancadas esparsas foram registradas, aumentando a apreensão dos produtores em diversos estados. Mas há chuvas previstas para os próximos dias.

Estimativa de produção

A AgRural estima a produção de soja do Brasil na safra 2020/21 em 132,2 milhões de toneladas, com base em área de 38,3 milhões de hectares (+3,6% anuais) e linhas de tendência de produtividade, que são mantidas até novembro, quando a maior parte da soja ainda está em fase vegetativa. Os números serão revisados para clientes nesta semana.

Original de Canal Rural