Como evitar despesa elétrica na produção leiteira

Compartilhe

O Brasil atualmente está entre os 5 maiores produtores de leite mundiais, fazendo com que a criação de gado leiteiro seja de grande importância, pois além de da produção de leite ele gera empregos no setor agropecuário. Para que a produção de leite continue crescendo, os produtores se aliaram à tecnologia modernizando os equipamentos da fazenda. 

Buscando a modernização da fazenda e o aumento de produção de leite, os produtores frequentemente têm feito adesão de sistemas de confinamento, como o Compost barn, fazendo com que as despesas com energia elétrica aumentem, pois eles precisam de muitos equipamentos elétricos em funcionamento.

Redução de Despesas

Visando a redução da despesas com energia elétrica, são utilizados sistemas de gestão energética, onde é feita a identificação dos pontos que estão tendo o maior consumo, por meio de relatórios, para que sejam otimizados através de medidas de controle, tendo como base mudanças de hábitos feitas pela administração. 

Para o uso do sistema de Gestão da Qualidade Total (TQM), é necessário que se tenha um sistema de coleta de dados, onde serão avaliados e interpretados gerando relatórios que demonstram o desempenho do gasto de energia pelos equipamentos, fazendo com que seja possível identificar os pontos de redução, para que através da estratégia certa se tenha uma melhora contínua da eficiência energética.

Embora o uso da tecnologia seja importante na gestão energética para que haja redução do consumo, não é possível solucionar as ineficiências somente com ela, pois os resultados só são obtidos quando a tecnologia está inserida em amplos sistemas de gestão que tenham planejamento incorporado.

Com informações de LEIGADO BLOG adaptado para o Dia Rural por Marina Dantas.