Crédito Rural: Conheça as suas 4 finalidades!

Compartilhe

O crédito rural é o principal instrumento da política agrícola brasileira. Desde que foi institucionalizado como política de desenvolvimento da produção rural do país, pela Lei 4.829/1965, é o mecanismo mais intenso de atuação do governo em apoio à agropecuária nacional. A concessão do crédito rural destina-se a produtores rurais e suas cooperativas.

As operações de crédito rural estão concentradas em quatro finalidades, conforme a destinação a ser dada aos recursos tomados nas instituições financeiras:

• Custeio Agrícola – Destinado a financiar as despesas exigidas para o cultivo de produtos agrícolas e para criação pecuária. Abrangem o preparo da terra, insumos, o cultivo e mão de obra para realização das operações;

Por: Freepik

• Comercialização – Destinado a comercializar os produtos que são colhidos nas safras, e abrangendo o transporte, o carregamento, o seguro, a preservação e prevenção contra pragas e intempéries, os impostos, o armazenamento e a colocação em silos;

• Investimento – os recursos são destinados para a aquisição de bens relacionados com a atividade agropecuária e para investimentos fixos e semifixas na propriedade;

• Industrialização – Destina-se à industrialização de produtos agropecuários, quando efetuada por cooperativas ou pelo produtor na sua propriedade rural.

Bruno Fuga. Advogado e Professor. Doutor em Processo Civil pela PUC/SP. Mestre em Direito pela UEL (na linha de Processo Civil). Pós-Graduado em Processo Civil (IDCC). Pós-Graduado em Filosofia Política e Jurídica (UEL). Membro da academia londrinense de letras (cadeira n.º 32). Conselheiro da OAB de Londrina. Membro ABDPro, IBDP e IDPA. E-mail: brunofuga@brunofuga.adv.br