Diminuição de chuva no Paraná proporciona avanço na colheita do milho

Compartilhe

De acordo com os técnicos do Departamento de Economia Rural, da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, no Boletim de Conjuntura Agropecuária da semana de 6 a 12 de fevereiro,  a colheita da primeira safra do milho pode ser reforçada e os produtores puderam avançar no plantio da segunda por ter tido uma diminuição de chuvas mais fortes no Paraná.

Em decorrência das chuvas em janeiro, a colheita de 359 mil hectares de milho, que foram semeados por produtores paraenses, estava devagar, mas com a diminuição das chuvas no início de fevereiro já foram colhidas pelo menos 10% da área total, sendo que já foram colhidas 35% em algumas regiões, como Ponta Grossa.

Mesmo com o avanço da colheita, a expectativa inicial de 9,6 mil quilos por hectare teve uma redução de 6,5%, obtendo uma produtividade média de 9 mil quilos por hectare até o momento, como consequência das chuvas intensas e constantes superiores às médias históricas.

Com a possibilidade das condições climáticas continuarem favoráveis nos pŕoximos dias, a colheita do milho primeira safra e o plantio do milho segunda safra terão avanços.

Quanto à soja, a expectativa é que com o tempo seco a colheita tenha um avanço, para que os produtores possam preparar o terreno para o plantio do milho de segunda safra. 

Com informações de O Presente Rural adaptado para o Dia Rural por Marina Dantas.