Emater capacita produtores de Cacau de 3 municípios no Pará

Compartilhe

Ação beneficia 225 agricultores em Altamira, Anapu e Pacajá com recursos do Fundo de Apoio à Cacauicultura do Pará (Funcacau)

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), a Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) e a Comissão Executiva do Plano (Ceplac) capacitam 225 agricultores, produtores de cacau em Altamira, Anapu e Pacajá, municípios da região sudoeste do Pará.

A atividade é parte do Projeto de Assistência Técnica e Extensão Rural Integral para Promoção da Sustentabilidade de Unidades de Produção Familiar na Cadeia Produtiva do Cacau no Estado do Pará, realizado com recursos do Fundo de Apoio à Cacauicultura do Estado do Pará (Funcacau), e integra as ações previstas no termo de cooperação entre a Emater e instituições parceiras citadas.

Em cada um dos municípios serão capacitados 75 cacauicultores, divididos em três turmas de 25 pessoas, em função da necessidade de distanciamento imposta pela pandemia.

A primeira capacitação para pequenos e médios produtores de cacau está ocorrendo na Vicinal da 5, no município de Altamira e envolve teoria e prática. Outro município que também já realizou a parte teórica da capacitação foi Pacajá.

Uma das turmas de 225 agricultores, produtores de cacau na região sudoeste do Pará, durante a capacitação com recursos do Funcacau Foto: Ascom/Emater

“Estão sendo feitas considerações sobre a produção e potencialidades da cacauicultura na região; doenças e controle de doenças do cacau; manejo da poda e adubação do cacau e a organização dos produtores para a comercialização.”, explica Simone Silva, supervisora adjunta do Regional da Emater em Altamira.

A supervisora Simone Silva explica o cronograma das capacitações nesta segunda etapa do projeto, iniciado em 2019. “Este projeto será realizado em várias etapas. Ano passado tivemos a capacitação dos técnicos, este ano dos agricultores. Ainda teremos as etapas de emissão de Cadastro Ambiental Rural (CAR), Declaração de Aptidão ao Programa de Fortalecimento da Agricultura (DAP) e cadastro das propriedades.”

O projeto objetiva o fortalecimento das ações de Assistência Técnica e Extensão Rural da Emater e da Ceplac com ações voltadas para a cacauilcultura.

Original de Agência Pará