FCO aprova mais de R$ 11,5 milhões destinados a Projetos Rurais

Compartilhe

Recurso deve promover desenvolvimento agropecuário para municípios goianos.

Com objetivo de estimular a produção do Estado de Goiás e impulsionar a economia e o desenvolvimento social, o Conselho de Desenvolvimento do Estado (CDE/FCO) da Câmara Deliberativa do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) aprovou 16 cartas consultas do FCO Rural de produtores de pequeno, pequeno-médio, médio e grande porte. A aprovação ocorreu na reunião n° 349, realizada nesta sexta-feira, 14 de agosto de 2020.

<\/div>

Com isso, foram aprovados R$ 11.535.380,00 para produtores goianos, que poderão financiar máquinas, implementos, matrizes, benfeitorias, armazenamento e reprodutores.

“O trabalho do Governo do Estado de Goiás é facilitar o acesso ao crédito para os produtores, incentivando, assim, a agropecuária goiana, que é sustentáculo de nossa economia e responsável por desenvolvimento social em diversas localidades”, explica o superintendente de Produção Rural Sustentável da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Donavam Maia. A expectativa é de geração de 21 novos empregos diretos na área rural.

Um destaque é a destinação de 62% dos recursos para produtores de pequeno porte, além de 24% para produtores de pequeno-médio porte. Isso reforça o trabalho que tem sido desenvolvido para pulverização do recurso, a fim de que chegue a mais produtores e também aos que mais precisam de crédito. Médio e grande porte recebem, juntos, 14%.

Atividades

Parte dos recursos foi aprovada para produção de soja e milho. Vale lembrar que, de acordo com o Levantamento de Grãos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), há expectativa de aumento da taxa de crescimento da safra de grãos goiana 2019/2020 de 10,3% em relação à última safra.

Com isso, espera-se colher 27,18 milhões de toneladas de grãos, mantendo Goiás como terceiro maior produtor nacional. A produção de grãos goiana representa 10,7% do total produzido no País.

Outro destaque é o crédito para bovinocultura, que ratifica a importância de Goiás nesse segmento, possuindo o segundo maior rebanho bovino do Brasil, com produção em todos os 246 municípios goianos.

O Governo de Goiás segue também trabalhando para que os recursos fomentem outras cadeias produtivas, em busca de diversificação de nossa produção, com foco no agricultor familiar e na segurança alimentar.

Original de Governo do Estado de Goiás