FCO Rural aprova mais 21,6 milhões de reais em recursos

Compartilhe

Foram contempladas mais 28 cartas consulta da modalidade rural do Fundo Constitucional do Centro-Oeste. Expectativa é de que sejam gerados mais 47 novos empregos

Um total de R$ 21,62 milhões em recursos do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO) foi aprovado para o financiamento de 28 cartas consulta da modalidade Rural, durante a 355ª Reunião da Câmara Deliberativa do Conselho de Desenvolvimento do Estado (CDE/FCO) realizada nesta quarta-feira, 2 de dezembro. O montante deve contemplar produtores de pequeno, pequeno-médio e médio porte.

A expectativa é de que com esse investimento sejam gerados 47 novos empregos. As atividades de produção contempladas foram de bovinocultura, com R$ 10,87 milhões (50% do total de recursos); soja e milho, com R$ 8,03 milhões (37%) e avicultura, com R$ 2,69 milhões (13%).

Os recursos devem financiar itens como matrizes, máquinas e implementos, fotovoltaico, benfeitorias, aviário, irrigação, armazenamento, reprodutores e pastagens, entre outros.

<\/div>

Das 28 cartas aprovadas, cinco são de Rio Verde. Rubiataba, Jataí e Porangatu tiveram duas cartas aprovadas cada um. Tiveram uma carta aprovada cada um os seguintes municípios: Araçu, Pontalina, Uruana, Vianópolis, Aruanã, Nova Glória, Ouvidor, Carmo do Rio Verde, Cachoeira Alta, Inhumas, Formoso, Goiatuba, Trombas, Piranhas, Itapirapuã, Goiás e Campo Alegre de Goiás.

De acordo com o superintendente de Produção Rural Sustentável da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Donalvam Maia, o montante deverá impulsionar a atividade agropecuária nesses municípios, gerando mais empregos e renda na região. “O Governo de Goiás tem tido um olhar atencioso com as diferentes regiões do Estado e, no caso do FCO, esses recursos trazem um importante estímulo aos pequenos e médios produtores. É um investimento que trará maiores possibilidades de crescimento e desenvolvimento dessas regiões”, avalia.

Original de GOV.BR