Governo faz reajuste nos preços mínimos da Laranja e do Trigo

Compartilhe

Produtos fazem parte da Política de Garantia de Preços Mínimos, ferramenta é para diminuir oscilações na renda dos produtores e assegurar uma remuneração mínima

A partir de julho deste ano, os preços mínimos para laranja in natura, o trigo em grão e semente de trigo sofrerão reajustes. O novo valor da caixa de 40,8 kg da laranja in natura na safra 2021/2022 é de R$ 17,76, alta de 14,36%.  

O trigo em grão e a semente de trigo tiveram um reajuste de 11,04%, para o período de julho deste ano até junho de 2022. O trigo em grão, pão tipo 1, ficou estabelecido em R$ 48,18/sc 60 kg, para a Região Sul (Para as demais classes e tipos do trigo  e  demais regiões do Brasil, será corrigido pela  variação de 11,04%).

E a semente de trigo, em R$ 1,98 (unidade), válido para os estados da região Sul, Sudeste e Centro-Oeste. 

A decisão consta da Portaria Nº 47, publicada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) no Diário Oficial da União desta quinta-feira (11). A medida foi discutida na última reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN), na semana passada. 

Esses produtos fazem parte da Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM), que é uma importante ferramenta para diminuir oscilações na renda dos produtores rurais e assegurar uma remuneração mínima, atuando como balizadora da oferta de alimentos, incentivando ou desestimulando a produção e garantindo a regularidade do abastecimento nacional.  

Fonte: GOV.BR

Original de GOV.BR