Laboratório de Leite implementa logística de coleta de análises

Compartilhe

O Laboratório de Qualidade do Leite (LQL) da Embrapa, localizado em Juiz de Fora – MG, está mudando a logística de recebimento das amostras de leite dos clientes.

<\/div>

A partir do dia 15 de junho, em vez de o cliente ser responsável por enviar as amostras ao LQL, será a Embrapa quem buscará o material em laticínios e fazendas.

A instituição contratou uma empresa para realizar esse serviço. Um caminhão refrigerado, monitorado por GPS, com a temperatura adequada, irá coletar o material duas vezes por mês.

Segundo Paulo do Carmo Martins, chefe-geral da Embrapa Gado de Leite, o novo procedimento evitará que as amostras sejam descartadas por problemas de temperatura fora do padrão, proporcionando maior economia e segurança para laticínios e produtores. “O cliente também poderá acompanhar todo o processo logístico, desde que o caminhão sai do LQL, chega ao local de recolhimento das amostras e retorna ao LQL”, informa Martins.

Segundo Anderson Christ, da Embrapa Gado de Leite, não serão mais necessárias as caixas isotérmicas com gelo e a coleta será feita em datas programadas. “O cliente será informado previamente sobre o dia de recolhimento das amostras e, ao entregá-las ao transportador, já receberá os frascos necessários para a próxima coleta”, destaca Christ.

Para quem realiza as análises de Contagem de Células Somáticas (CCS) e componentes, o LQL disponibilizará, gratuitamente, resultados de nitrogênio uréico e caseína.

O primeiro, visa facilitar o ajuste das dietas do rebanho, possibilitando aumento da produção de leite.

Já a caseína é importante para o rendimento de derivados lácteos, especialmente do queijo.

O LQL processa cerca de 30 mil amostras por mês. Segundo Christ, com o novo modelo de transporte, o Laboratório irá planejar melhor sua produção, evitando picos ou ociosidades em determinados períodos do mês, trabalhando de forma mais constante.

O LQL atende produtores e laticínios de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo e do sul da Bahia. Até então, a responsabilidade pelo transporte das amostras ficava a cargo do cliente.

Rubens Neiva
Embrapa Gado de Leite

Fonte: Embrapa