Laranja: Preços são mantidos por baixa oferta e alta da demanda

Compartilhe

Com as altas temperaturas e o início de mês, o mercado de laranja de mesa registrou aquecimento na demanda nesta semana.

Segundo pesquisadores do Cepea, esse cenário e a menor oferta de frutas de qualidade sustentaram os preços da variedade pera.

Na parcial da semana (de segunda a quinta-feira), a fruta tem média de R$ 49,19/cx de 40,8 kg, na árvore, valorização de 1,9% em relação à semana passada.

No campo, pesquisadores do Cepea indicam que, mesmo que em baixo volume e de forma irregular, as chuvas registradas em praticamente todo o estado de São Paulo na última semana trouxeram certo alívio a citricultores.

No atual estágio de desenvolvimento da planta, as precipitações podem contribuir para a indução floral, após um longo período de estresse hídrico nos pomares de sequeiro.

Já naqueles que são irrigados (e que, portanto, já registraram floradas anteriormente), chuvas tendem a favorecer o pegamento das flores que darão origem às laranjas da safra 2022/23.

Pesquisadores do Cepea indicam, ainda, que, no caso das frutas que estão próximas do período de colheita, as precipitações podem beneficiar o enchimento e a qualidade.

Fonte: Cepea