Mancha Areolada: bactéria pode atingir plantações de café

Compartilhe

De todos os produtos produzidos no Brasil, é possível dizer que o café é aquele que mais tem relevância e que não pode faltar na rotina do brasileiro, uma vez que já se enraizou na cultura dessa população.

Talvez seja por isso, junto a toda a dedicação, que o Brasil tenha se tornado o maior produtor e exportador de café do mundo, mesmo que tenha ficado em segundo lugar no consumo da bebida, o que ainda é um mistério. 

É importante destacar que o café passa por um longo processo desde a plantação, cultivo, colheita até o preparo.

E é justamente nessas primeiras etapas que ele pode ser acometido por várias doenças, as quais afetam drasticamente o ciclo de vida deste produto tão valioso e singular. 

Por: Freepik

As principais doenças do café, são:

Essas doenças podem ser causadas tanto por fungos como por bactérias, nematóides e vírus. 

Vale mencionar que, elas também são capazes de reduzir em até 20% a produção, limitando o cultivo do produto, por isso é essencial obter um diagnóstico correto para que o controle seja realizado adequadamente apresentando resultados eficazes.

Ao longo da última semana o Dia Rural tem apresentado particularmente, cada uma das sete principais doenças do café, e hoje chegamos à quinta doença da lista que é a Mancha Areolada. 

Mancha Areolada – Pseudomonas syringae garcae

A Mancha Areolada ou crestamento bacteriano do cafeeiro como também é conhecido, é uma doença proveniente da fitobactéria Pseudomonas syrungae pv.garcae, a qual pode atingir tanto as plantações em viveiros quanto em campo. 

Os principais sintomas da bacteriose podem ser notados através de lesões na coloração parda, circundada por um halo de tom amarelado, considerando também, que ocorre a queima e a morte dos ramos de cafeeiros jovens. 

As condições mais favoráveis  para o surgimento da Mancha Aerolada são o clima frio e úmido, ventos fortes e constantes, bem como danos mecânicos que podem ser causados pela colheita, junto à chuva de granizo e à infestação de insetos. 

É importante mencionar que a infecção da bactéria responsável por causar a Mancha Aerolada na planta do café, acontece devido a aberturas naturais ou àquelas provenientes de ferimentos. 

Por outro lado, a prevenção pode ser colocada em prática, considerando a inexistência de produtos químicos eficazes no controle de bacterioses de plantas. 

Neste sentido, as medidas de controle mais eficientes e indicadas se referem à aquisição de mudas sadias, instalação de quebra ventos, bem como um maior espaçamento entre as plantas para evitar o acúmulo de umidade durante longos períodos. 

Por Laura Alvarenga