Mandioca: Oferta cai e sustenta cotações

Compartilhe

Parte dos agricultores que já finalizou a semeadura do milho se mostram interessados na comercialização de mandioca.

Porém, muitos já diminuíram o ritmo das entregas, seja pelo clima mais seco ou até mesmo por considerarem que os atuais patamares de preços da raiz não remuneram a atividade. A demanda pela matéria-prima, por sua vez, foi menor ao longo da semana passada.

Levantamento do Cepea mostra que, entre 29 de março e 1º de abril, o valor médio a prazo da mandioca posta fecularia foi de R$ 412,85/tonelada, alta de 0,35% em relação à da semana anterior.

Ainda assim, a média de março ficou 17,4% inferior à de março/20, em termos reais (valores corrigidos pelo IGP-DI).

Original de Cepea