Mandioca: Ritmo de processamento diminui e preços estabilizam

Compartilhe

As recentes chuvas limitaram o avanço da colheita de mandioca na maioria das regiões, reduzindo os dias de moagem nas indústrias, segundo pesquisadores do Cepea.

<\/div>

Além disso, a baixa rentabilidade da mandiocultura influenciou na tomada de decisão de muitos produtores, que devem voltar a entregar raízes somente a partir do final de janeiro de 2021. De modo geral, a oferta teve ligeiro equilíbrio com a demanda, e as cotações ficaram praticamente estáveis.

Na semana passada, o preço médio nominal a prazo para a tonelada de mandioca posta fecularia foi de R$ 451,91 (R$ 0,7859 por grama de amido na balança hidrostática de 5 kg), estável (+0,02%) frente à média do período anterior. Em quatro semanas, porém, a queda acumulada é de 2,3%.

Original de Cepea