Mercado do Boi Gordo: Alongamento das escalas de abates

Compartilhe

Em São Paulo, as escalas de abate atendendo a semana, associadas ao escoamento lento de carne bovina, mantiveram os preços estáveis no mercado do boi gordo na última terça-feira (6/7) no comparativo diário.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, o boi, a vaca e a novilha gordos foram negociados em R$317,00/@, R$294,00/@ e R$310,00/@, nesta ordem, preços brutos e a prazo.

O “Boi China” ficou cotado em até R$320,00/@, preço bruto e a vista.

Foto: Juliana Sussai Fonte: Embrapa

No Noroeste do Paraná, as severas condições climáticas nos últimos dias provocaram um aumento da oferta de boiadas e as indústrias alongaram as escalas, que atendem, em média, 9 dias.

Com as escalas alongadas, os frigoríficos abriram a última terça-feira (6/7) ofertando R$5,00/@ menos para o boi e novilha gordos. Com poucos negócios realizados. O boi, vaca e novilha gordos foram negociados, respectivamente, em R$312,00/@, R$297,00/@ e R$307,00/@, nas mesmas condições.

Análise originalmente publicada no informativo Tem boi na linha de 6/7/2021.

Original de Scot Consultoria