Modelos de misturas e preparos de substratos

Compartilhe

O substrato é uma mistura muito importante para um crescimento forte e saudável das plantas, já que permite a germinação e cultivo das espécies. Um substrato de qualidade deve ser isento de contaminação para os cultivos, livre de fungos, bactérias, insetos e outras fontes de inóculo para plantas. Quer aprender como preparar em casa os substratos perfeitos para o seu jardim? Confira algumas sugestões:

Substrato para plantas de meia-sombra (begônia, violeta, lírio-da-paz, antúrio, árvore-da-felicidade, aglaonema, jiboia, filodendros, ciclame, zamioculcas, peperômias):

• 1 1/2 medida de húmus de minhoca
• 1 1/2 medida de terra
• 3 medidas de fibra de coco
• 2 medidas de areia
• 2 medidas de vermiculita

Substrato para cactáceas e suculentas (cactos em geral, rhipsalis, flor-de-outubro, flor-de-maio, dedo-de-moça, etc):

• 6 medidas de areia
• 3 medidas e 1/2 de terra
• 1/2 medida de húmus de minhoca

Substrato para samambaias de raiz (saia-baiana, paulistinha, compacta, cabelinho-de-anjo ou mini):

• 1 medida de areia
• 2 medidas de terra
• 7 medidas de húmus de minhoca
• 1 colher de chá de carvão moído

Fonte: freepik

Substrato para samambaia de rizoma (renda-portuguesa, renda-francesa, de metro, avencas, pluma, asplênio, amazonas, bromélias e chifre-de-veado):

• 1 medida de areia
• 1 medida de terra
• 1 medida de húmus de minhoca
• 7 medidas de fibra de coco ou casca de pínus triturada
• 1 colher de chá de carvão moído

Substrato para azaleia e palmeiras:

• 3 medidas de areia
• 4 medidas de terra
• 3 medidas de húmus de minhoca

Substrato para roseiras:

• 2 medidas de areia
• 4 medidas de terra
• 4 medidas de húmus de minhoca

Substrato para orquídeas:

• Fibra de coco e/ou casca de pínus triturada

original de jardim das ideias