16°C 30°C
Uberlândia, MG
Publicidade

O que é transparência no café e por que ela é importante?

A transparência na cadeia de abastecimento do café consiste em fornecer uma visão abrangente e honesta de todas as fases do processo

14/05/2024 às 12h01
Por: Ricardo Fonte: Redação
Compartilhe:
O que é transparência no café e por que ela é importante?
O que é transparência no café e por que ela é importante?

A indústria cafeeira enfrenta vários desafios, incluindo a falta de transparência e rastreabilidade, o que dificulta a capacidade dos consumidores de conhecerem as condições sociais e ambientais de produção do seu café.

Esta opacidade também perpetua desequilíbrios de poder na cadeia de abastecimento, dificultando a criação de riqueza nos países produtores. Nesta matéria, apresentamos uma explicação detalhada dos fundamentos da economia do café e sua importância para a compreensão da Transparência no Café.

O que é transparência no café?

A transparência na cadeia de abastecimento do café consiste em fornecer uma visão abrangente e honesta de todas as fases do processo, desde os agricultores que cultivam os grãos até aos torrefadores que elaboram a mistura perfeita, até aos consumidores que preparam a chávena perfeita.

Isto inclui a divulgação das origens específicas do café, informações sobre o preço no produtor, o preço FOB e o esclarecimento dos complexos mecanismos de comércio e transporte que levam o café aos consumidores.

Ao fazê-lo, a transparência visa promover uma indústria cafeeira mais equitativa e sustentável, onde todas as partes interessadas possam prosperar e é essencial para construir confiança e promover relações sólidas entre produtores de café, torrefadores e intermediários.

Qual é o preço do FARMGATE?

O preço ao produtor do café refere-se ao preço pago diretamente ao agricultor pelo seu café, excluindo quaisquer custos de transporte, custos adicionais ou margens de lucro adicionadas por intermediários, como comerciantes, moageiros ou exportadores.

O preço Farmgate é considerado o indicador mais preciso do preço recebido pelo agricultor pelo seu café e é frequentemente visto como uma métrica fundamental para garantir preços justos e meios de subsistência sustentáveis ​​para os produtores de café.

Os preços no produtor podem variar significativamente dependendo de fatores como a qualidade do café, o tipo de café vendido (por exemplo, cereja, pergaminho úmido, pergaminho seco ou café verde) e a localização da fazenda.

Os agricultores podem receber um preço base pelo seu café, com prémios adicionais pagos mais tarde na época, com base na qualidade do café e em quaisquer certificações que este possa ter, como orgânica ou comércio justo. No entanto, determinar o preço exacto ao produtor, que é o preço pago directamente ao agricultor, pode ser um desafio.

Isso ocorre porque o preço no produtor é frequentemente substituído pelo preço Livre a Bordo (FOB), que é o preço pago pelo comprador quando o café está pronto para ser embarcado.

O preço FOB inclui vários custos como transporte, moagem e logística, tornando difícil discernir o preço real pago ao agricultor.

Qual é o preço GRATUITO A BORDO (FOB)?

O preço Free on Board (FOB) do café refere-se ao preço que um comprador paga ao exportador de café quando o café está pronto para ser embarcado (geralmente do porto).

Este preço inclui o custo do café em si e os custos logísticos incorridos pelo exportador para transportar e preparar o café para embarque, tais como armazenamento, embalagem para exportação, transporte até os portos, desembaraço aduaneiro e carregamento em navios.

O preço FOB geralmente é pago ao exportador, que também pode ser o moageiro, e inclui os custos de processamento do café desde o estado bruto até o produto final e a margem de lucro da transação.

Embora o preço FOB possa constituir uma referência útil para a comparação de preços, é enganoso em termos de justiça. Um preço FOB elevado não garante necessariamente um preço elevado ao produtor, e a diferença entre os dois pode ser significativa. Por exemplo, em alguns países, o preço ao produtor pode ser tão baixo quanto 50% do preço FOB, enquanto noutros pode chegar a 90%.

Para determinar se um preço é justo para os agricultores, é necessário considerar o contexto em que o café é produzido e vendido. Isto inclui compreender os custos incorridos pelos agricultores, os prémios pagos por certos tipos de café e as taxas de câmbio que afectam o valor do café.

Confiar simplesmente no preço FOB pode não fornecer uma imagem completa da justiça do preço pago aos agricultores

O que é o C-Market para café?

Tanto o café Arábica quanto o Robusta são negociados em opções e contratos futuros na Intercontinental Exchange (ICE) para negociação de commodities. O café arábica também é negociado em contratos futuros na Bolsa Mercantil de Nova York (NYMEX), operada pela Bolsa Mercantil de Chicago (CME).

Quando se trata de negociação de commodities, é crucial compreender que o Arábica e o Robusta respondem a diferentes estímulos do mercado e têm características únicas que afetam os seus preços e o seu comércio.

A Intercontinental Exchange (ICE) define o preço global do café, conhecido como preço C.

As commodities em geral devem ser uniformes e intercambiáveis ​​para serem comercializadas em grandes quantidades no mercado, portanto o mercado de commodities desconsidera as qualidades intrínsecas do café, nomeadamente a qualidade, o sabor, a sustentabilidade, a inovação ou qualquer esforço feito pelo agricultor ao produzi-lo .

O mercado de commodities desconsidera as qualidades intrínsecas do café, ou seja, qualidade, sabor, sustentabilidade, inovação ou qualquer esforço feito pelo agricultor ao produzi-lo.

O que é um contrato futuro de café?

Os contratos futuros de commodities comprometem um comprador e um vendedor a negociar uma quantidade específica de café com um preço predeterminado em uma data futura. A parte complicada reside no fato de que esses contratos não são usados ​​para negociar café real e tangível, mas servem para outros propósitos, como:

  1. Ajuste de preços . O preço C é usado como referência para determinar o preço mínimo dos grãos de café sem levar em consideração o custo real de produção do café.
  2. Gerenciamento de riscos . Os comerciantes usaram contratos de café para cobrir o risco e garantir preços favoráveis, de modo a protegerem-se de perdas futuras.
  3. Especulação . O C-Market é óptimo para fundos de cobertura, investidores ou especuladores que apostam nestas alterações de preços para obter lucro, o que agrava a volatilidade do café.

A cada ano, 7 vezes mais café do que realmente é produzido é negociado em Arábica Futures

O que influencia o preço do café?

Clima

As circunstâncias climáticas influenciam se as pessoas pensam que haverá menos ou mais café. O Brasil é o maior produtor mundial de café, respondendo por cerca de um terço da produção mundial de café (da qual 70% é Arábica).

O clima do Brasil é extremamente impactante nos preços globais do café porque é exclusivamente vulnerável ao risco de geadas. A geada de 2021 no Brasil é um excelente exemplo, fazendo com que os preços subissem para níveis não vistos desde meados da década de 1990.

A combinação de uma seca severa e de geadas em Julho de 2021, juntamente com perturbações na cadeia de abastecimento relacionadas com a COVID-19, levou a um declínio na oferta de café e a um subsequente aumento de preços. Os preços do café Arábica atingiram o pico de 150 centavos de dólar dos EUA/lb em julho de 2021, o nível mais alto desde novembro de 2014, e continuaram a subir para 260 centavos de dólar dos EUA/lb.

Doenças de plantas

As doenças do cafeeiro podem ter um impacto devastador na produção de café, afetando a qualidade e a quantidade da colheita. A ferrugem das folhas do café e a doença dos frutos do café são apenas alguns exemplos das inúmeras doenças que afetam o cafeeiro.

Muitos países plantaram variedades de café resistentes a doenças devido às perdas trágicas de vários anos, como foi o caso da Guatemala em 2013, que perdeu quase 70% da sua colheita.

Demandas do consumidor

De acordo com a Organização Internacional do Café, espera-se que o consumo global de café aumente entre 1% e 2% anualmente até ao final da década. Além disso, há uma tendência crescente nos países produtores de café, onde o consumo local está a aumentar.

Nos últimos anos, estes países têm consumido cada vez mais café, marcando uma mudança no sentido de um maior consumo interno.

Geopolítica

O mercado cafeeiro global é altamente suscetível a perturbações, especialmente nos países em desenvolvimento, onde mais de 90% do café é produzido.

Os acontecimentos geopolíticos, a agitação social e a instabilidade política nos principais países produtores de café podem ter um impacto significativo na produção de café e no sentimento do mercado, levando a respostas rápidas nos preços futuros.

O que é Blockchain?

Blockchain, ou tecnologia de contabilidade distribuída (DLT), é um ambiente distribuído que combina diferentes tecnologias bem conhecidas (como funções hash, criptografia assimétrica, redes peer-to-peer de assinaturas digitais) para armazenar qualquer tipo de dados de forma distribuída entre seus participantes.

Os dados são organizados em transações incorporadas em blocos. O DLT codifica as regras que os nós devem obedecer para participar da rede e criar transações que podem ser aceitas no livro-razão do blockchain. O livro-razão atua como um registro compartilhado de confiança acordado por todos os participantes.

Um ambiente blockchain é chamado público se alguém puder ingressar livremente em sua rede como um nó. Caso contrário, se apenas nós autenticados puderem fazer parte da rede, o blockchain será chamado de permitido.

Embora os blockchains públicos ainda sejam opções importantes e valiosas para certos casos de uso, acreditamos que os sistemas DLT permitidos são, em geral, mais adequados para aplicações de negócios, especialmente onde existe algum nível de confidencialidade ou sigilo das transações – ou dos detalhes das transações – que ocorrem em do sistema, deve ser assegurada entre os participantes.

Conclusão

Esta página ilustra como a aplicação da tecnologia blockchain à indústria pode superar alguns dos desafios descritos anteriormente e fornecer uma maneira de enfrentar o desequilíbrio na cadeia de valor do café, destacando um caminho que leva à criação de uma indústria mais equilibrada e sustentável e, ao mesmo tempo, criando recursos adicionais valor nos países produtores e consumidores, bem como no consumidor final.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
21°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 30°

21° Sensação
1.54km/h Vento
56% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h34 Nascer do sol
05h44 Pôr do sol
Ter 30° 17°
Qua 29° 15°
Qui 30° 15°
Sex 30° 17°
Sáb 30° 18°
Atualizado às 02h07
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,10 +0,00%
Euro
R$ 5,56 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 363,074,78 +0,32%
Ibovespa
128,150,71 pts -0.1%
Publicidade