16°C 30°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Sema inicia diagnóstico da cadeia produtiva de mel na APA Caverna do Maroaga

Foto: Reprodução/Agência AmazonasFOTOS: Divulgação/SemaA Área de Proteção Ambiental (APA) Caverna do Maroaga – uma das 42 Unidades de Conservação s...

16/05/2024 às 11h16
Por: Redação Dia Rural Fonte: Agência Amazonas
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Agência Amazonas
Foto: Reprodução/Agência Amazonas

Foto: Reprodução/Agência Amazonas
Foto: Reprodução/Agência Amazonas
FOTOS: Divulgação/Sema

A Área de Proteção Ambiental (APA) Caverna do Maroaga – uma das 42 Unidades de Conservação sob gestão da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) – vai receber um diagnóstico da cadeia produtiva de mel na região. A atividade faz parte do Projeto Consolidando, que visa fortalecer as políticas socioambientais nas áreas protegidas do Estado.

A atividade teve início na segunda-feira (13/04) e segue até esta sexta-feira (17/04), na APA, na área que corresponde ao município de Presidente Figueiredo (a 117 quilômetros de Manaus). Além do diagnóstico da meliponicultura local, técnicos da Sema também vão iniciar os levantamentos para selecionar uma área para elaboração de um Plano de Recuperação de Área Degradada (Prad).

“Uma das prioridades é contribuir para a melhoria da sustentabilidade, em total conformidade com o Sistema Estadual de Unidades de Conservação (Seuc). Isso implica em adotar medidas que garantam a preservação dos ecossistemas naturais, ao mesmo tempo em que apoiam o desenvolvimento econômico e social das UC”, ressaltou o coordenador do projeto, Erfrany Leal.

O diagnóstico de cadeia produtiva é realizado a partir da aplicação de um questionário com os produtores de mel. A partir dos resultados, é feita uma análise com as informações coletadas, para gerar um banco de dados.

“No momento, estamos fazendo o trabalho de campo, que é ir de produtor em produtor fazendo o levantamento. Assim, a gente consegue compilar e, futuramente, criar um banco com a disposição de todos esses dados, e dar o real quantitativo de produção”, explicou.

Foto: Reprodução/Agência Amazonas
Foto: Reprodução/Agência Amazonas
Foto: Reprodução/Agência Amazonas
Foto: Reprodução/Agência Amazonas
FOTOS: Divulgação/Sema

Plano de Recuperação

Junto ao diagnóstico, está sendo selecionada uma área de três hectares na rodovia AM-240, quilômetro 09, conhecida como Estrada de Balbina, para recuperação da área com a utilização de Sistemas Agroflorestais (SAF) e metodologias alternativas de uso do solo, em especial, com a redução do uso do fogo.

“Os Prads se baseiam naquelas áreas que já foram degradadas, seja por desmatamento, extração de minérios, outros fatores, ou naturalmente destruídas. A ideia é recuperar essas áreas e deixá-las próprias para o desenvolvimento do ecossistema. Nós resolvemos aproveitar a nossa vinda para o diagnóstico de cadeia produtiva, e cumprir a segunda meta do projeto, fazendo a seleção dessa área degradada”, destacou.

O projeto

O projeto Consolidando a Implementação de Políticas Socioambientais no Sistema Estadual de Unidades de Conservação do Amazonas tem o objetivo de apoiar e melhorar a gestão de áreas protegidas, por meio do empoderamento comunitário. A Sema implementa o projeto Consolidando, que conta com o apoio da Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental (Aadesam).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
21°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 30°

21° Sensação
1.54km/h Vento
56% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h34 Nascer do sol
05h44 Pôr do sol
Ter 30° 17°
Qua 29° 15°
Qui 30° 15°
Sex 30° 17°
Sáb 30° 18°
Atualizado às 02h07
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,10 +0,00%
Euro
R$ 5,56 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 359,852,81 -0,57%
Ibovespa
128,150,71 pts -0.1%
Publicidade