13°C 26°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Ministro da agricultura apoia desoneração de carnes na reforma tributária

Carlos Fávaro celebra a inclusão de proteínas animais na cesta básica e defende taxação de itens de luxo.

05/07/2024 às 07h30
Por: Carlos Freitas Fonte: Redação
Compartilhe:
Ministro da agricultura apoia desoneração de carnes na reforma tributária/Créditos de imagem Freepik
Ministro da agricultura apoia desoneração de carnes na reforma tributária/Créditos de imagem Freepik

O ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, expressou nesta quinta-feira (4/7) sua satisfação com a posição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que apoia a desoneração das carnes na reforma tributária. Fávaro acredita que a medida aumentará o consumo de proteína animal pela população.

Em entrevista ao programa "Bom dia, ministro", da EBC, Fávaro afirmou: "Ontem o presidente Lula se posicionou. Sabemos que temos que ter responsabilidade com a arrecadação (...) Ele se posicionou que é a favor da inclusão da proteína animal, das carnes na cesta básica, não pagar imposto nas carnes. Isso vai fazer com que a população consuma mais carne de qualidade e estou muito feliz com o posicionamento do presidente."

Durante o lançamento do Plano Safra 24/25, Lula declarou que ficará "feliz se puder comprar carne sem imposto", referindo-se ao debate sobre a regulamentação da reforma tributária no Congresso Nacional e a possível inclusão das proteínas animais na cesta básica desonerada.

Contradições no Congresso

Nesta quinta-feira (4/7), o grupo de trabalho da Câmara dos Deputados que analisa o tema propôs a manutenção da carne bovina e de frango com uma taxação parcial, reduzindo 60% da alíquota geral dos futuros impostos. Essa proposta vai contra os interesses do setor produtivo, da bancada ruralista e do próprio presidente Lula. Além disso, o grupo não atendeu aos pedidos de inclusão de outros produtos na lista de desoneração, como insumos agropecuários e cogumelos.

Defesa da Tributação de Luxos

Fávaro também defendeu a taxação de itens supérfluos adquiridos pelos mais ricos, como motos aquáticas e lanchas: "Vamos tributar coisas supérfluas, vamos aumentar o imposto de lanchas, jet-ski. O governo passado tirou imposto. Eu quero taxar jet-ski, é rico que compra jet-ski. Mas o cidadão tem que comer carne, carne de frango, de suíno. O presidente Lula está nessa pauta e vamos conseguir aumentar o consumo de carne," concluiu o ministro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
20°
Tempo limpo

Mín. 13° Máx. 26°

19° Sensação
2.57km/h Vento
42% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h46 Nascer do sol
05h51 Pôr do sol
Seg 28° 15°
Ter 28° 15°
Qua 29° 15°
Qui 30° 16°
Sex 31° 17°
Atualizado às 20h05
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 353,449,93 +6,63%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%
Publicidade
Publicidade