13°C 26°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Ausência de carnes na cesta básica pode aumentar insegurança alimentar, diz Abiec

Entidade alerta para impacto negativo da reforma tributária na acessibilidade de proteínas essenciais

09/07/2024 às 08h00
Por: Carlos Freitas Fonte: Redação
Compartilhe:
Ausência de carnes na cesta básica pode aumentar insegurança alimentar, diz Abiec/Créditos de imagem Freepik
Ausência de carnes na cesta básica pode aumentar insegurança alimentar, diz Abiec/Créditos de imagem Freepik

A Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec) expressou preocupação de que a ausência das carnes na lista de itens da cesta básica, que contam com desoneração tributária, pode aumentar a insegurança alimentar no país. "Até então, a carne bovina goza de isenção total ou redução de ICMS em todos os Estados brasileiros e sobre ela também não incidem o PIS e o Cofins. Desta forma, além de não favorecer o consumo democrático deste alimento essencial para a saúde humana, a reforma tributária, neste ponto tiraria um benefício que a população já tem", afirmou a entidade em nota.

Segundo a Abiec, a carne bovina e outras proteínas animais são fundamentais para a saúde humana. "Tirar desses produtos o benefício da isenção significa dificultar o acesso a esses alimentos e aumentar a exclusão e a insegurança alimentar para uma parte considerável da população do país", enfatizou.

A entidade destacou que as famílias mais afetadas pela medida seriam as mais vulneráveis e com menor renda.

Para a Abiec, o argumento de que incluir a proteína animal na alíquota zero da cesta básica poderia trazer malefícios à sociedade, devido a um eventual aumento da alíquota geral do IVA (IBS/CBS), é infundado. "Primeiro, por se tratar de alimento que trará benefício à população mais vulnerável, segundo, porque nos parece inconstitucional a sua exclusão (Inteligência do artigo 8º da Emenda Constitucional 132, que conceitua cesta básica) e, terceiro, porque essa 'teoria' não se sustenta diante de uma análise serena, a qual sugere um aumento próximo de 0,2 ponto percentual", explicou.

Até o momento, o Grupo de Trabalho da Reforma Tributária da Câmara dos Deputados não incluiu as carnes na lista de itens da cesta básica, gerando críticas no setor agropecuário e na indústria.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
20°
Tempo limpo

Mín. 13° Máx. 26°

19° Sensação
2.57km/h Vento
42% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h46 Nascer do sol
05h51 Pôr do sol
Seg 28° 15°
Ter 28° 15°
Qua 29° 15°
Qui 30° 16°
Sex 31° 17°
Atualizado às 20h05
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 353,449,93 +6,63%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%
Publicidade
Publicidade