O uso do sistema de gestão de fazendas ajuda a reduzir custos

Compartilhe

O desenvolvimento tecnológico propulsiona o mercado e colabora para que diferentes organizações se tornem mais eficientes e reduzam seus custos. Dentre as ferramentas que ajudam neste sentido, as da tecnologia da informação estão em destaque atualmente. Para o setor rural o cenário não é diferente. Você sabe, no entanto, como um sistema de gestão pode te ajudar a reduzir custos na propriedade rural?

Saiba que a adesão dos produtores a estes recursos vem aumentando consideravelmente nos últimos anos. Os controles tradicionais, com papéis e fichas, além de custosos mostram-se ineficientes e lentos para lidar com o mercado atual. Já os processos automatizados proporcionam agilidade, segurança e clareza no controle das suas atividades diárias. Elementos fundamentais para o sucesso de um dos setores que mais movimentam a economia no país.

Até mesmo para encarar o atual momento de crise econômica estas ferramentas surgem como grandes aliadas. Assim sendo, não é apenas para facilitar as atividades cotidianas da sua produção que elas servem, contudo, mostram-se imprescindíveis para suportar a continuidade do negócio de forma lucrativa. A utilização de um sistema de gestão de fazendas informatizado possui inúmeros benefícios, entretanto o maior deles é o da redução de custos. Entenda, a seguir, como uma solução em tecnologia da informação pode ajudar nos assuntos administrativos, financeiros, comerciais e produtivos de uma propriedade rural.

Vantagens de um sistema de gestão para a propriedade rural

Administrar uma propriedade rural não é tarefa simples. Afinal, estão envolvidos na atividade uma série de processos e dados que devem ser cuidadosamente executados, acompanhados e controlados por várias pessoas e no momento certo. As dificuldades ficam ainda maiores se houver mais de uma fazenda e em lugares distantes. Ademais, acrescente a isto os fatores externos como o clima e os mercados nacional e internacional.

A utilização de um sistema de gestão de fazendas permite que os dados decorrentes de  todos estes processos sejam consistidos, armazenados, cruzados e consolidados em informações úteis e fáceis de serem visualizadas, agilizando e facilitando, com mais segurança, a tomada de decisão.

Não é demais frisar que os sistemas de informação atuais não necessitam mais de super especialistas em tecnologia para serem instalados e implantados. Aliás, os sistema mais modernos não necessitam nem mais serem instalados, pois estão disponíveis em praticamente qualquer lugar, e para serem acessados é necessários somente um computador, tablet ou smartphone com acesso a internet. As interfaces(telas) também melhoraram muito em relação aos sistemas de uma década atrás, tendo sido projetadas para atender as necessidades de uma forma amigável e intuitiva, reduzindo os custos de treinamento e operação.

Fonte: r3solarcell

Controlando custos e melhorando a produção

Um dos componentes mais importantes na obtenção de lucro, certamente é gastar certo. O valor de venda de um produto, seja ele qual for, é determinado pelo mercado, independente do seu custo de produção. O mercado é quem definirá quanto está disposto a pagar por determinado bem de consumo. Desta forma, administrar o custo de produção, maximizando a produtividade, mas observando a rentabilidade, é tarefa diária do administrador de uma propriedade rural.

Neste contexto, é imperativo um controle atualizado do estoque e utilização dos insumos, bem como do fluxo de caixa. Por exemplo, antes de definir pela utilização de determinado insumo, faz-se necessário saber qual o impacto não apenas na produtividade, a maior ou a menor, mas também na lucratividade a ser obtida com o produto final. Havendo a definição pela aplicação do insumo, passa-se a uma segunda análise, desta vez sobre de que forma a sua aquisição irá impactar o fluxo de caixa.

Com atualizações constantes, em tempo real, dos dados sobre as compras, manejo e estoques, o gerenciamento da produção agrícola e pecuária irá se traduzir em melhor controle de gastos, aumentando a lucratividade. Com a utilização de um sistema de gestão fica mais simples obter informações precisas, como por exemplo, relação das contas a pagar/receber, para não perder as obrigações de vista; fluxo de caixa, para antecipar possíveis sobras ou falta de recursos; necessidade de compras, para não comprar além do necessário e nem deixar de receber produtos decorrentes de compras já efetuadas; atividades do manejo, para saber o que está sendo realizado, quando e onde; acompanhamento das despesas, custos e investimentos por cultura(centro de resultado); comparativos com histórico detalhado sobre safras passadas; e outras.

Portanto, um sistema de gestão para a propriedade rural pode contribuir na redução dos custos, através da disponibilização de um conjunto que informações que permitirá a análise, identificação e ação em relação aos gastos desnecessários ou indevidos. Assim sendo, os seus recursos poderão ser direcionados de forma consciente e planejada para o que realmente irá gerar mais lucro.

Original de Connectere