Ovo x Milho: relação de troca atual é muito desfavorável aos avicultores

Compartilhe

No começo de outubro o Ovosite alertava que os preços praticados na comercialização da saca de milho e da caixa de ovos brancos apontavam para a possibilidade de se atingir a pior relação entre os produtos desde que o levantamento passou a ser realizado.

<\/div>

E isso só não vai acontecer porque embora o preço do milho continuasse a aumentar, a caixa de ovos também obteve expressiva evolução no decorrer do mês.

Com isso, o produtor de ovos necessitou, em média, quase 16,3 caixas de ovos para adquirir a tonelada do cereal. Mesmo assim, significou a 3ª pior relação entre os produtos, ficando abaixo das alcançadas em janeiro de 2011 e 2019.

O que se percebe é que a abertura do ano sempre pode trazer dificuldade para os produtores de ovos por dois motivos: 1º, os baixos preços recebidos na abertura de cada ano e, 2º, por estoques de passagem de milho muito ajustados pressionando os preços. Ou, a junção dos dois fatores.

Em 2020, infelizmente, o segundo semestre não tem sido muito favorável aos produtores de ovos, pois além de setembro e outubro a relação de troca ter sido extremamente alta, os preços atuais de ambos os produtos apontam para a necessidade de 18 caixas de ovos para adquirir a tonelada de milho.

Original de AviSite