Ovos: Semana passada terminou com inesperada e expressiva Alta

Compartilhe

Como o ambiente do mercado não apresentou condições para melhorar preços no decorrer da semana e o encerramento do melhor período do mês para os negócios estava terminando, não se vislumbrava alteração nas condições de comercialização no último dia de negócios da semana e da primeira quinzena. Com isso, a expectativa era de manutenção das cotações que vinham se mantendo inalteradas por mais de dez dias.

<\/div>

Mas, surpreendentemente, os produtores de ovos brancos e vermelhos conseguiram expressivo reajuste. Inesperado, porém, necessário diante dos atuais custos de produção.

Nos ovos brancos, o novo aumento – 1º da semana, 2º do mês, 45º do ano – elevou o preço médio diário no atacado da cidade de São Paulo para valor 37% superior ao praticado no mesmo dia do ano passado, porém, ainda 15% inferior ao recebido em abril, maior valor recebido pelo produtor de ovos neste ano e que pode ser um parâmetro para fazer frente aos atuais custos de produção no setor de postura comercial.

Fica a expectativa na reposição de ovos no primeiro dia útil da segunda quinzena. Embora o histórico do período não seja favorável aos negócios, existe a necessidade impositiva de melhorar preços por um lado e, do outro, a diferença para as carnes que pode contribuir para um maior giro da mercadoria junto ao consumidor.

Fonte: OvoSite

Original de OvoSite