Plantio de cereais de inverno terá investimento de R$ 5 milhões

Compartilhe

A Secretaria de Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural de Santa Catarina informou que pretende ampliar em 20 mil hectares a área plantada com cereais de inverno no Estado. A ideia é reduzir a dependência de milho e os custos de produção de carnes e leite. “O Projeto de Incentivo ao Plantio de Cereais de Inverno Destinados à Produção de Grãos terá R$ 5 milhões em investimentos, que serão destinados para apoiar os produtores que apostarem no cultivo de trigo, triticale, centeio, aveia e cevada ainda nesta safra”, disse a pasta em nota.

Photo: Luiz Magnante

Segundo o comunicado, será dado um subsídio direto ao produtor de cereais de inverno equivalente à metade do valor atual da semente. “Queremos que os agricultores sejam estimulados a investir no cultivo de cereais de inverno para fabricação de ração em Santa Catarina, criando uma nova cultura de ocupar as lavouras também no inverno”, disse na nota o secretário da Agricultura, Altair Silva.

Com o projeto, a Secretaria da Agricultura dará uma subvenção de R$ 250,00 por hectare efetivamente plantado com cereais de inverno, num limite de 10 hectares por produtor. A intenção é ampliar em 20 mil hectares a área cultivada em todo o estado já na safra 2020/2021.

Santa Catarina é um dos maiores consumidores de milho do Brasil. Todos os anos cerca de 4 milhões de toneladas do grão são trazidos de outros Estados e/ou importados para abastecer a cadeia produtiva catarinense.

Original de Istoé