Poucos negócios realizados no mercado do Boi Gordo

Compartilhe

Em São Paulo os compradores seguem cautelosos com a originação da matéria-prima. Apesar de testes de preços abaixo da referência, a oferta de boiada continua limitada, a conta-gotas. 

Segundo levantamento da Scot Consultoria, na última terça-feira (1/12), no estado, o boi comum ficou cotado em R$275,00/@, preço bruto e à vista, R$274,50/@ descontando o Senar, e R$271,00/@ descontando o Senar e Funrural. 

No caso dos machos com menos de quatro dentes, as ofertas de compram chegam a até R$10,00/@ acima da referência do boi comum, a depender do volume e padrão do gado. 

Já no Paraná, devido ao lento escoamento de carne bovina, a cotação do boi gordo recuou 1,5% na comparação dia a dia, ou R$4,00/@, e ficou cotada em R$275,00/@, considerando o preço bruto, a prazo, R$274,50/@, com desconto do Senar, e R$271,00/@ com desconto do Funrural e Senar. 

Análise originalmente publicada no informativo Tem Boi na Linha de 1/12/2020.

Original de Scot Consultoria