Programa Garantia-Safra vai pagar R$ 5.4 Milhões para Agricultores

Compartilhe

Seagri afirma que benefícios vão para Poço Redondo, Porto da Folha, Gararu, Itabi e Aquidabã

Foi oficializado que o Programa Garantia-Safra irá pagar, em Sergipe, o valor de R$ 5.414.500,00 a 6.370 agricultores dos municípios Poço Redondo, Porto da Folha, Gararu, Itabi e Aquidabã. Serão contemplados com o seguro agrícola os produtores que fizeram a adesão ao programa e obtiveram o reconhecimento de perda de mais de 50% da safra 2020. O anúncio do benefício foi publicado pela Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura (SPA/MAPA) no Diário Oficial da União da última sexta-feira (16) e, de acordo com a Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), representa uma ajuda significativa não só para os agricultores familiares, mas também para a economia dos municípios, onde os recursos irão circular. A Seagri afirma, ainda, que para a safra 2021, já foi batido o recorde de 15 mil inscrições.

Em fevereiro e março, o Garantia-Safra pagou cerca de R$ 1 milhão a agricultores de Tobias Barreto, Frei Paulo, Aparecida, Nossa Senhora de Lourdes e Pedra Mole. Com a chegada do benefício para mais cinco municípios agora em abril, vai para 7.603 o número de agricultores atendidos, com um montante equivalente a R$ 6.462.550,00 aplicados na economia das dez cidades sergipanas, neste ano de 2021. O secretário de estado da Agricultura, André Bomfim, afirma que a liberação demonstra a relevância do Garantia-Safra para os agricultores do estado. “É um programa muito importante para nossos agricultores, resultado de parceria exitosa entre o Governo de Sergipe e o Governo Federal. A descentralização desses recursos chega em boa hora primeiro porque ajuda na alimentação das famílias dos agricultores impactados pela seca e pela pandemia; segundo porque ajuda na compra de sementes e adubos para o próximo plantio”, destacou André.

Fonte: agricultura.sp

Segundo o secretário, o agricultor terá o saque liberado conforme calendário de pagamento do Bolsa Família na Caixa Econômica Federal, de acordo com o NIS (Número de Identificação Social). Ainda de acordo com André Bomfim, o Governo estadual fez um esforço importante para assegurar recursos financeiros de contrapartida para o Garantia-Safra. “O Estado de Sergipe tem regularmente cumprido, com esforço, sua contrapartida, com o aporte de R$ 1,2 milhão, em média, todos os anos, garantindo que o benefício chegue aos agricultores cadastrados”, ressalta.

Dentre os cinco municípios que receberão recursos este mês, Poço Redondo é o que tem maior número de agricultores beneficiados (2.726). Cada agricultor recebe parcela única de R$ 850, totalizando R$ 2.317.100,00. Porto da Folha fica em segundo lugar e tem 1.572 agricultores beneficiados com R$ 1.336.200,00. Gararu é o terceiro em número de agricultores atendidos (1.558) e vai fazer circular no município R$ 1.324.300,00. Com 397 agricultores beneficiados, Itabi vai receber R$ 337.450,00; e Aquidabã, com 117 agricultores, totaliza R$ 99.450,00. O secretário municipal da Agricultura de Gararu, Alísio Marinho, afirma que o recurso beneficia a quem mais precisa. “E está chegando em boa hora. Nesse período chuvoso, vai possibilitar que esses agricultores contratem trator para tombar a terra e comprem semente de qualidade, além de movimentar a feira de casa”, analisou Elísio.

Inscrições para a Safra 2021

O prazo de inscrições dos agricultores familiares no Programa Garantia-Safra deste ano (referente à safra 2020/2021) se encerrou em 11 de abril. Segundo a Seagri, a inscrição foi recorde, com 15.212 inscritos em 22 municípios do semiárido sergipano. A secretaria informa que a fase agora é de homologação das inscrições dos agricultores nos Conselhos Municipais de Desenvolvimento. A confirmação da adesão dos agricultores ocorre com o pagamento da taxa de R$ 17 até o dia 20 de maio.

Original de GOV.SE