Safra de cana-de-açúcar em Alagoas é prejudicada pela falta de chuvas

Compartilhe

Com expectativa de uma safra de 18 milhões de toneladas de cana-de-açúcar para o início de 2021, a falta de chuvas em Alagoas durante o cultivo prejudicou a produção, fazendo com que agora o resultado esperado seja de 17 milhões de toneladas, similar ao ano passado.

Sendo o estado de Alagoas o maior produtor de cana-de-açúcar no Nordeste, ele é o principal gerador de empregos, pois durante o período de safra são gerados 80 mil empregos no campo e nas usinas, além dos 7.500 agricultores que são encarregados de metade da produção.

Antes do encerramento da safra atual no estado, que teve início em agosto de 2020 e deve seguir até março de 2021, os produtores já estão preocupados com o próximo cultivo.

Com informações de Portal do agronegócio adaptado para o Dia Rural por Marina Dantas