Tanto Frango como Boi e Suíno vivos tem melhores Cotações de todos os tempos

Compartilhe

Mesmo os valores de agosto corrente sendo ainda preliminares o certo é que o segundo quadrimestre de 2020 será encerrado com frango vivo, boi em pé e suíno vivo alcançando suas melhores cotações de todos os tempos.

No caso, o melhor desempenho está sendo obtido pelo suíno, cuja cotação média neste mês se encontra 21,6% e quase 64% acima das registradas em, respectivamente, julho passado e agosto de 2019.

Na sequência vem o boi em pé que, a despeito da pequena valorização mensal (+2,65%), fecha agosto com negócios a preços mais de 46% superiores aos de um ano atrás.

Já o menor ganho é o do frango vivo. Valorizou-se perto de 4% no mês e também atinge cotação histórica em agosto. Mas sua remuneração no momento é não mais que 18% superior à de agosto de 2019, enquanto no ano a média obtida está apenas 2% acima da registrada nos mesmos oito meses de 2019 – índice muito aquém do alcançado por boi e suíno (33,48% e 22,97%, respectivamente).

Notar, de toda forma, que nenhum deles obteve os ganhos alcançados pelas duas principais matérias-primas da produção, milho e farelo de soja. Só isso já neutraliza todo o aparente ganho registrado na produção animal.

Original de Acsurs