Tempo pode atrapalhar avanço do plantio da Soja e Milho nos EUA

Compartilhe

De acordo com a Somar Meteorologia, a temperatura pode ficar abaixo de 0° C e as chuvas devem acumular até 40 mm no cinturão agrícola

O plantio da soja nos Estados Unidos teve início e já atingiu 3% da área no país. Há um ano e na média dos últimos cinco anos, a semeadura chegava a 2%.

Para o milho, 8% da área já foi semeada, mesmo índice da média para o período. No ano passado, o volume estava em 6%.

Apesar do cenário positivo, uma onda de frio tardia que deve atingir regiões produtoras nos próximos dias, pode comprometer as lavouras. “Embora esteja adiantado o plantio, as condições previstas para o clima podem desacelerar os trabalhos em campo, e até mesmo causar perdas. No Sul do cinturão norte-americano, o volume de chuva pode chegar a 40 milímetros até 24 de abril”, explica a meteorologista Desireé Brandt.

Por: Freepik

Também para os próximos cinco dias, as temperaturas seguem baixas, com média abaixo de 0° C, possibilitando a formação de neve ainda nesta semana.

Argentina

Já no país vizinho, a chuva mais frequente diminuiu o ritmo de colheita de milho, soja e girassol, mas por outro lado, melhorou a produtividade do milho tardio na Argentina.

Até o fim dessa semana, deve voltar a chover sobre a Argentina, inclusive com potencial para tempestades sobre o centro e norte do país sobretudo na quarta-feira, 21.

A precipitação retornará a partir da quinta-feira da semana que vem. O solo está úmido em Buenos Aires, Entre
Rios, Santa Fé, La Pampa e Córdoba e os dias de tempo seco não são suficientes para a diminuição da umidade e aceleração da colheita nestas províncias.

Original de Canal Rural