Trigo: Agentes voltam atenções a estimativas que indicam maior oferta

Compartilhe

Moinhos consultados pelo Cepea se mostram abastecidos, sem necessidade de novas aquisições no curto prazo. Além disso, esses agentes indicam que o fluxo de negociações dos derivados está relativamente lento. Vendedores de trigo, por sua vez, estão resistentes nos preços pedidos por novos lotes.

Nesse cenário, as negociações seguem lentas, e agentes voltam as atenções a estimativas indicando crescimento na oferta brasileira de trigo na safra deste ano.

Segundo a Conab, a área nacional de trigo deve aumentar 1,6% na temporada 2021/22 em relação à anterior e a produtividade, 0,6%, resultando em produção de 6,37 milhões de toneladas, 2,2% maior que safra passada.

Original de Cepea