Trigo: Preço continua firme mesmo com a colheita perto do fim

Compartilhe

As cotações do trigo seguem firmes no Brasil, mesmo com a colheita de uma possível safra recorde se aproximando do encerramento.

Segundo pesquisadores do Cepea, o suporte vem especialmente do dólar valorizado e da paridade de importação.

No campo, a Emater/RS sinalizou que, até o dia 18 de novembro, diante do clima favorável, a colheita de trigo no Rio Grande do Sul havia alcançado 85% da área.

No Paraná, informações da Seab/Deral indicam que, até o dia 16 de novembro, as atividades de campo estavam quase finalizadas no estado, com 97% da área já colhida.

Colaboradores do Cepea informaram que, no estado paranaense, a qualidade do trigo foi prejudicada sobretudo por chuvas no período de colheita.

Em Santa Catarina, dados da Epagri/Cepa mostram que a colheita no estado somava 28,5% da área até o final de outubro.

Fonte: Cepea