Veja como o clima fica no país com o avanço da frente fria na sexta-feira

Compartilhe

Na retaguarda, uma massa de ar frio e seco já começa em estabilizar o tempo em áreas mais ao sul do país, de acordo com a Somar Meteorologia

Sul

Uma massa de ar frio e seco passa a predominar sobre a região, por isso não há mais previsão de chuva em praticamente todas as áreas.

Pancadas isoladas e passageiras são previstas somente para o litoral do Paraná e Santa Catarina, devido à umidade que sopra do oceano e favorece a formação de nuvens carregadas.

As temperaturas seguem baixas nos três estados.

Sudeste

A chegada de uma nova frente fria mantém o tempo instável sobre a região, e há previsão de chuva com trovoadas na região norte e faixa leste de São Paulo, centro-sul de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo. O sol aparece entre muitas nuvens nestas áreas, e há previsão de chuva a qualquer momento.

Somente em áreas do norte de Minas Gerais e Espírito Santo, e centro-oeste de São Paulo, o tempo firme predomina.

As temperaturas seguem amenas, e o frio de outono novamente marca presença.

Fonte: Nohat.cc

Centro-Oeste

O dia começa com chance de nevoeiro em Mato Grosso do Sul, devido à passagem de uma frente fria que traz mais umidade e diminui a temperatura sobre estas áreas. O céu fica nublado, mas não há previsão de chuva por enquanto.

O tempo instável retorna ao centro-sul de Goiás e boa parte de Mato Grosso, inclusive para Goiânia e Cuiabá, onde chove de forma isolada durante a tarde.

Nas demais áreas do Centro-Oeste, o tempo firme predomina.

Previsão de temperaturas em declínio.

Nordeste

A semana termina com previsão de chuva moderada a forte sobre a região norte do Maranhão, devido à influência da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), que potencializa a formação de nuvens carregadas. Também há previsão de chuva sobre o norte do Piauí, Ceará e toda costa leste nordestina, mas que ocorre de maneira rápida e isolada.

Norte

O avanço de uma extensa frente fria favorece a ocorrência de friagem sobre os estados de Rondônia e Acre, onde as temperaturas sofrem queda significativa se comparado aos últimos dias. O tempo instável predomina nos dois estados, assim como previsto para o Amazonas, Roraima, Pará e Amapá. As capitais Belém (PA) e Boa Vista (RR) tendem a receber volumes de chuva mais elevados ao longo do dia.

Original de Canal Rural