14°C 28°C
Uberlândia, MG
Publicidade

PIB da agropecuária dispara 11,3% no primeiro trimestre

Pecuária registra alta de 14,2% no primeiro trimestre, puxada pela produção de carne bovina e suína

04/06/2024 às 13h25 Atualizada em 04/06/2024 às 15h56
Por: Mariana Freitas Fonte: Redação
Compartilhe:
PIB da agropecuária dispara 11,3% no primeiro trimestre
PIB da agropecuária dispara 11,3% no primeiro trimestre

O Produto Interno Bruto (PIB) da agropecuária brasileira registrou um crescimento expressivo de 11,3% no primeiro trimestre de 2024, em comparação com o quarto trimestre de 2023, segundo dados divulgados nesta terça-feira (4) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse resultado positivo impulsionou o crescimento geral da economia brasileira no período, que avançou 0,8% na série com ajuste sazonal.

Desempenho por segmento:

  • Pecuária: A pecuária foi o destaque do setor, com um aumento de 14,2%, impulsionado principalmente pela alta na produção de carne bovina e suína. Esse crescimento se deve a diversos fatores, como a maior disponibilidade de animais para abate, a elevação dos preços da carne no mercado internacional e o aumento da demanda interna por proteínas.
  •  
  • Agricultura: A agricultura também apresentou um bom desempenho, com um crescimento de 8,8%, puxado principalmente pelas safras de soja e milho. As condições climáticas favoráveis durante o período, com chuvas regulares, garantiram boas produtividades das lavouras. Além disso, a alta dos preços internacionais dos grãos também contribuiu para o resultado positivo do setor.

Impacto do crescimento:

O crescimento da agropecuária no primeiro trimestre de 2024 é um indicador positivo para a economia brasileira, pois o setor contribui significativamente para o PIB nacional e para a geração de empregos. Além disso, o bom desempenho do agronegócio ajuda a garantir a segurança alimentar do país e a fortalecer a balança comercial.

Desafios e perspectivas:

Apesar do crescimento expressivo, a agropecuária brasileira ainda enfrenta desafios como a infraestrutura precária, a volatilidade dos preços dos produtos e a necessidade de maior investimento em pesquisa e desenvolvimento. Para garantir a sustentabilidade do crescimento do setor no longo prazo, será necessário investir em infraestrutura, melhorar a gestão de riscos e fortalecer a pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias.

O desempenho do setor agropecuário no restante do ano dependerá de diversos fatores, como as condições climáticas, a evolução da demanda internacional e as políticas públicas adotadas pelo governo brasileiro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
20°
Tempo limpo

Mín. 14° Máx. 28°

19° Sensação
4.12km/h Vento
49% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h45 Nascer do sol
05h44 Pôr do sol
Dom 29° 15°
Seg 30° 17°
Ter 31° 17°
Qua 30° 17°
Qui 31° 17°
Atualizado às 07h06
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,81 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,13%
Bitcoin
R$ 369,817,02 +0,56%
Ibovespa
121,341,13 pts 0.74%
Publicidade
Publicidade